10 dicas para tirar músicas de ouvido



Uma das coisas que mais incita os estudantes de guitarra é a capacidade de tirar uma música de ouvido. Essa é uma proeza que 10 em cada 10 alunos almejam alcançar e dominar. Para muitos tirar músicas de ouvido é praticamente um dom, mas te garanto que essa habilidade pode ser adquirida facilmente.


Se você quer desenvolver essa capacidade é só ler atentamente as minhas 10 dicas que irei te apresentar a seguir. Confira cada uma delas!


1 – OUVIR


Mais do que tocar ou cantar, o estudante de música e, em especial, o de guitarra deve aprender a ouvir, caso contrário não conseguirá captar todas as nuances que uma música possui. E quando falo em ouvir não significa necessariamente que se deve ficar o tempo todo escutando música, mas sim prestar bastante atenção a sonoridade peculiar que cada uma possui.


2 - OUVIR MUITO


Começou a prestar atenção as músicas que se ouve? Ótimo, agora é hora de ouvir mais. E isso significa o seguinte: Ouça o repertório de estudo várias vezes. Observe as mudanças, intervalos, acordes...


Agora responda: Como cada um é executado? Observe a sua estrutura (introdução, refrão, solo e finalização).


Procure aqui criar um mapa com todos os seus atalhos. Isso facilitará não só o processo para se tirar músicas de ouvido como a memorização das melodias.


3 - OUVIR MAIS


Achou que já ouviu o suficiente? Infelizmente não. Este processo de audição é constante, ou seja, quanto mais se ouvir mais apurado o seu ouvido se tornará e vai conseguir perceber todas as peculiaridades que antes não foram percebidas.


E por mais que se goste de um determinado estilo, banda ou músico específico, procure sair da zona de conforto e ouça os mais variados gêneros, mesmo aqueles que não curte. Assim aumentará cada vez mais a sua percepção.


4 – ESTUDE (E REFORCE) SEUS CONHECIMENTOS SOBRE HARMONIA E AS TÉCNICAS DE GUITARRA


Após realizar a primeira e importante etapa de treinar o seu ouvido (aproveite e leia um post que fiz especificamente sobre este assunto) dedique-se a estudar sobre a harmonia e as técnicas de guitarra.


À medida que se reforça esses conhecimentos você evitará a perda de tempo para “encontrar” os acordes que se encaixam em determinadas melodias, pois o processo será mais rápido – e certeiro. Por isso, não custa ressaltar que não se deve deixar esses estudos de lado.


5 - USAR BONS FONES DE OUVIDO


Ter bons fones de ouvido significa contar com aqueles que são confortáveis, que te oferecem segurança quanto a sua saúde e garantem a qualidade dos sons na transmissão. Além disso é importante que ouça as músicas em um volume confortável, ou seja, nunca aumente acima do suportável, pois poderá lhe causar problemas de audição.


Existem várias opções de fones de ouvido no mercado com diferentes faixas de preços. Uma das melhores opções na relação custo-benefício é o modelo AKG K52 que se pode verificar suas especificações aqui.


6 - ESTRUTURAR O PROCESSO EM PARTES


Existem músicas que você vai considerar como mais fáceis e outras mais difíceis para se tirar. Caso perceba que aquela canção desejada é mais difícil recorra a essa dica simples: procure tirar a música pelas partes mais fáceis e siga para aquelas mais difíceis.


Ao se trabalhar uma música por partes fica mais fácil tirá-la do que se tentar realizar o processo em uma única etapa. Desta forma, você começa a reparar e separar ora o ritmo, ora os acordes e quando menos imaginar terá a música completa para tocar ininterruptamente.


7 - ENTENDER A HARMONIA DA MÚSICA


Como estão os seus conhecimentos sobre a harmonia musical? Como se sabe, a harmonia é um dos pilares fundamentais da música, e por isso mesmo engloba partes essenciais que lhe possibilita reconhecer mais facilmente os detalhes de cada música que são importantes na hora de tira-la de ouvido.


8 - QUANDO FOR TIRAR SOLOS, INICIAR PELOS REPOUSOS DA MELODIA


Outra boa dica para que você consiga tirar músicas de ouvido mais rapidamente, em especial os solos, é começar justamente pelos repousos da melodia, ou seja, as notas da tríade de um acorde.


Agrega-se a isso o fato de se começar devagar e aumentar a velocidade gradualmente até chegar ao ideal.


9 - SE O SOLO FOR RÁPIDO, PEGUE-O AQUI


A música que você deseja tirar está com o solo muito rápido? Então a dica é diminuir a velocidade do áudio para “pegar” a melodia. Como isso é possível? Simples. Eu gravei um vídeo sobre isto. Clique aqui.


10 - NÃO ADIANTA TIRAR A MÚSICA BEM SE NÃO A PRATICAR BEM


É preciso insistir neste ponto.


A prática constante leva a perfeição e, por isso mesmo você deve seguir essas dicas constantemente, dia após dia, foi isso que fiz e faço até hoje...


Mas se tiver dúvida é só falar comigo!

887 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo